ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: MEDICAMENTOS E SAÚDE


O Brasil caracteriza-se culturalmente pelo consumo elevado de medicamentos e baixos índices de qualidade de vida. O vasto campo para a pesquisa científica na área que correlacione Medicamentos e Saúde, definiu o delineamento desta Proposta. Neste sentido, a implementação da área de Concentração "Medicamentos e Saúde" propõe o desenvolvimento de estudos, a fim de conduzir o pesquisador ao questionamento crítico sobre temas educacionais da Área de Saúde, e formar profissionais reflexivos sobre as políticas da área das Ciências Farmacêuticas.

Linha de Pesquisa: Avaliação de Substâncias Bioativas e Sistemas de Liberação de Fármacos
A avaliação de substâncias bioativas e sistemas de liberação de fármacos compreende: a investigação, a caracterização e os estudos de atividades biológicas, farmacológicas e toxicológicas de substâncias orgânicas naturais, semissintéticas e sintéticas; o desenvolvimento, a otimização e o controle de qualidade de medicamentos. Visa desenvolver projetos relacionados com o estudo de novas formulações, biodisponibilidade e sistemas de liberação de fármacos, controle de qualidade de fármacos e medicamentos, estudos de propriedades físico-químicas e microbiológicas, desenvolvimento de métodos analíticos de dosagem e avaliação biológica

Linha de Pesquisa: Uso Racional de Medicamentos
O uso racional de medicamentos compreende a prescrição apropriada, o acesso, a dispensação em condições adequadas e o consumo de medicamentos eficazes e seguros, nas doses, intervalos e período de tempo indicados. Implica conhecimentos específicos e atualizados por parte dos profissionais e na compreensão do paciente sobre a importância da adesão ao tratamento. Esta linha de pesquisa contempla projetos que visam oferecer subsídios para o seu uso apropriado, focados na informação, na pesquisa básica e clínica e no uso adequado de medicamentos pelo Sistema Único de Saúde.