Centro de Referência e Informação sobre Antibióticos da Universidade de Sorocaba (CRIA - UNISO) e Serviço de Evidências para o Monitoramento e Avaliação

Professores permanentes do programa: Fernando de Sá Del Fiol, Cristiane de Cassia Berrgamashi, Marcus Tolentino Silva e Silvio Barberato Filho.

O CRIA-Uniso foi implantado em 2006 por professores do Curso de Farmácia, com apoio institucional do CNPq e do Ministério da Saúde (Processo 402722/2005-1). Atua como centro de informação de medicamentos, especializado em antibióticos, fornecendo informações para profissionais da saúde (mediante consulta), desenvolvendo projetos de pesquisa e atividades educativas a fim de promover o uso racional dessa classe terapêutica. No CRIA atuam professores, mestrandos e estudantes do PPGCF e do Curso de Graduação em Farmácia da Uniso, além de colaboradores de outras instituições de ensino e unidades de saúde, especialmente do Conjunto Hospitalar de Sorocaba.

A infraestrutura do CRIA-Uniso inclui:

  • a) Biblioteca especializada, com cerca de 200 títulos;
  • b) Acesso a bases de dados e assinatura de periódicos nacionais e internacionais;
  • c) Sala de estudos com projetor multimídia;
  • d) Computadores com acesso à internet e impressoras.

Neste mesmo local atua o NÚCLEO EVIPNET - SERIEMA (Serviço de Evidências para o Monitoramento e Avaliação), criado em 2016, uma ação do grupo da linha de pesquisa “Uso racional de medicamentos”, cuja prioridade é reduzir as lacunas de conhecimento sobre políticas, sistemas e serviços de saúde, além de fomentar a produção colaborativa do conhecimento científico (academia, gestão e sociedade civil) para responder a problemas prioritários de saúde pública nacionais, regionais e locais.

O núcleo inclui 24 membros, cinco universidades e parceria com grupo de pesquisadores, profissionais de saúde e professores atuantes em diversos serviços de saúde e/ou estão envolvidos em atividades relacionadas à formação de profissionais.

Coordenador - Profa. Dra. Luciane Cruz Lopes


PhageLab - Laboratório de Biofilmes e Bacteriófagos da Uniso

Parque de equipamentos científicos

(a) BIOFREEZER VERTICAL. O ultrafrezer vertical -86ºC, modelo MDF-U56VC-PA da Sanyo-Panasonic, com capacidade de 526 litros, digital microprocessado; adquirido no âmbito do Projeto FAPESP ref.ª 2016/08884-3.

(b) CABINE DE SEGURANÇA BIOLÓGICA DE CLASSE II, TIPO B2. A cabine de segurança biológica de Classe II, tipo B2, modelo SP-SBIIB2-126, da SP-LABOR, funciona com 100% de renovação de ar, tendo incluído um alarme de indicação áudio e visual de saturação do filtro HEPA, manômetro para medida diferencial de pressão do filtro HEPA e um esterilizador por radiação infravermelha; adquirido no âmbito do Projeto FAPESP ref.ª 2016/08884-3.

(c) SISTEMA DE ELETROFORESE SDS-PAGE. Sistema de eletroforese Mini-PROTEAN Tetra Cell 4-gel, da Bio-RAD, para electroforese SDS-PAGE vertical; adquirido no âmbito do Projeto FAPESP ref.ª 2016/08884-3.

(d) AUTOCLAVE VERTICAL. Autoclave vertical da marca PRISMATEC, modelo digital CS-A-50, capacidade 50 litros; adquirido no âmbito do Projeto FAPESP ref.ª 2016/08884-3.

(e) REFRIGERADOR VERTICAL. Geladeira vertical, marca ELETROLUX, modelo DF80, com capacidade de 553 litros; adquirido no âmbito do Projeto FAPESP ref.ª 2016/08884-3.

(f) SISTEMA DE CÉLULA EM VIDRO DA PERMEGEAR. O sistema de célula em vidro da PermeGear, modelo Side-Bi-Side Cell 5G-00-00-09-3.4, com volumes de 3.4 mL, permite efetuar estudos de permeação transdérmica de forma manual, com sistemas de carreamento líquidos. Dado que a membrana através da qual se farão os estudos de permeação fica posicionada entre as duas células de vidro, será muito fácil removê-la para quantificar o que nela ficou retido e também para realizar estudos de microscopia eletrônica de varredura e de transmissão. Como ambas as células adjacentes possuem abertura para retirada manual de amostras ao longo do tempo, este equipamento permite realizar estudos cinéticos; a adquirir no âmbito do Projeto FAPESP ref.ª 2016/12234-4.

(g) EQUIPAMENTO PARA ESTUDOS DE PERMEAÇÃO CUTÂNEA E DISSOLUÇÃO DE FORMAS SÓLIDAS DE USO TÓPICO. O equipamento para estudos de permeação cutânea e dissolução de formas sólidas de uso tópico, da marca LOGAN, modelo DHC-6T Dry Heat Transdermal System, sendo totalmente automatizado, permitirá realizar estudos cinéticos para determinação de vários parâmetros fundamentais na caracterização dos sistemas de permeação; a adquirir no âmbito do Projeto FAPESP ref.ª 2016/12234-4.

(h) SISTEMA DE PURIFICAÇÃO DE ÁGUA. Sistema de ultrapurificação de água da GEHAKA, modelo MASTER SYSTEM MS2000; adquirido no âmbito do Projeto FAPESP ref.ª 2016/12234-4.

(i) WORKSTATION DELL. Computador DELL Desktop XPS 8900, com processador Intel Core i7 Quad-core de 6ª geração, 16 GB de RAM, 1 TB de HDD e Placa de vídeo NVIDIA® GEFORCE® GTX 745 de 4GB, DDR3. Equipamento adquirido no âmbito do Projeto FAPESP ref.ª 2013/03181-6.

Coordenador - Prof. Dr. Victor Manuel Balcão


LaBNUS - Laboratório de Biomateriais e Nanotecnologia da Uniso

Parque de equipamentos científicos

Além dos equipamentos comuns de laboratório, como balanças digitais, peagômetros, estufas, rotaevaporadores, refrigeradores com congelador, agitadores e purificadores de água o laboratório, dispõe de equipamentos especializados, tais como:

Viscosímetro Digital Brookfield com sistema de circulação de água para controle de temperatura e adaptador para análise de pequenos volumes de amostra;

Texturômetro TA-XT-plus (mucoadesão, tração, elongação e outras análises) com sistema de controle de temperatura por circulação de água;

Calorímetro (DSC-Shimadzu), para análise térmica exploratória e diferencial;

Equipamentos de fluído supercrítico, híbrido, para execução das técnicas de SAS e RESS;

Micrótomo rotatório manual, Edge S200;

Aparelho de Raios X- coluna móvel Gnatus S70, para captação de imagens óssea ou por contraste radiológico;

Dois Chillers para controle de temperatura entre -10 a +150 graus Celsius;

Estufa a vácuo e com circulação forçada de ar. Forno micro-ondas Brastemp.

Analisador de partículas e potencial zeta: Analisador de Partícula para suspensões coloidais da marca Brookhaven Instruments. Inclui laser de estado sólido de 35mW @ 660nm, com opção MAS para medida de tamanho de partículas nanométricas; eletrodo compatível com água, líquidos polares e/ou apolares; cubetas de poliestireno; kit de limpeza de eletrodos; cubetas de vidro para líquidos agressivos.

Espectrofotômetro de Infravermelho com Transformada de Fourier, da marca Shimadzu.

Agitadores de médio cisalhamento: Homogeneizador digital Ultra-turrax modelo T25 com elemento de dispersão S25N -18G, braçadeira de amarra RH3; suporte de plataforma R 1827 e suporte de fixação 6 a 16 mm.

Espectrofotômetro comprimentos de onda na faixa do Visível e do Ultravioleta da Femto RX800.

Analisador de umidade por gravimetria, Mark II HP-Denker.

Bombas peristálticas (1 Gilson Miniplus 3 e 2 Tecnal);

Incubadora refrigerada com agitação horizontal e controle de temperatura, Tecnal.

Banhos de ultrassom termostatizado – Unique. Computadores, impressora e geladeiras.

Foi adquirido em 2015 o “EasyMax 102 Advanced Synthesis Workstation”, Projeto FINEP 011 301286-00. Também foram adquiridos pelo Projeto Fapesp 2013/03181/6, dois notebooks L440/17-4600M/8GB/BS1TB/W8Sl da Lenovo.


Coordenador - Prof. Dr. Marco Vinicius Chaud


LaFINAU - Laboratório de Física Nuclear Aplicada da Uniso

Parque de equipamentos científicos

O laboratório trabalha com ensaios físico-químicos de materiais, usando prioritariamente técnicas de ensaios não destrutivos, através do emprego de radiações ionizantes, provenientes de fontes radioativas ou oriundas de equipamentos emissores de raios-X. Tanto o laboratório quanto o pesquisador responsável pelo mesmo, possuem licença de operação emitida pela Comissão Nacional de Energia Nuclear – CNEN. O Laboratório está instalado em uma sala da Cidade Universitária, com área de 40m2, tendo os seguintes equipamentos permanentes e atualmente em operação.

Fonte radioativa de Amerício-241, emissora de raios gama;

Conjunto de módulos eletrônicos usados para análise de pulsos de radiação gama, composto por: pré-amplificador, amplificador, mono-canal, contador-timer, placa multicanal, detector de estado sólido de NaI (Tl), computador;

Tomógrafo Computadorizado de 3º Geração, composto por: fonte emissora raios-X que opera no intervalo de tensões de 20KV até 80 KV, com corrente do filamento ajustável na faixa de 0μA a 100μA; detector de radiação composto por uma linha de fotodiodos de silício, com 512 fotodiodos; mesa tomográfica para movimentação das amostras; sistema para aquisição de dados e para posicionamento das amostras composto por conversor analógico digital e computador; programa para análise das imagens tomográficas;

Máquina de Compressão Instrumentalizada, constituída de: prensa hidráulica com capacidade de 15Tf; conjunto formado por matriz e punções usados na produção de comprimidos; sensores de força e posição; sistema de aquisição e tratamento de dados composto por conversor analógico digital e computador;

Picnômetro a ar, constituído de: duas câmaras, sendo uma delas o porta-amostra; sensor de pressão; bomba de pressão; sistema de aquisição de dados composto por conversor analógico digital e computador;

Sistema para ensaios de tração, constituído de: motor de passo responsável pelo tracionamento da amostra; sensor de força que opera no intervalo de 0N a 50N; sistema de aquisição de dados composto por conversor analógico digital e computador;

Osciloscópio, multímetros, fontes de alimentação, conversores analógicos digitais balanças de precisão e vidraria em geral;

Sistema Tomográfico de 3º Geração composto por: Tomógrafo modelo SkyScan 1174 – Compact X-ray Micro-CT System; Sistema de posicionamento de amostras do Tomógrafo (Micro-PositioningStage) e Computador modelo Host Computer Dell Precision Workstation T5500. Aquisição vinculada ao Projeto Fapesp 2012/15651-4.

Sistema de análise por Fluorescência de Raios-X: Sistema fornecido pela empresa Amptek, composto por detector de silício - X-123 SDD (Si Drift 25 mm2 x 500μm / 0.5 mil Be window/ 1.5" Detector Extension / 2-Stage Cooler / Internal Multilayer Collimator); Fonte de Raios-X (Miniature X-Ray Tube, High Voltage Power Supply and USB Controller , with Silver (Ag) Transmission Target) e Software para análise e controle (XRF-FP Quantitative Analysis Software for X-Ray Fluorescence with complete documentation with step-by-step instructions). Aquisição vinculada ao Projeto Fapesp 2012/15651-4.

Coordenador - Prof. Dr. José Martins de Oliveira Júnior


Lapetox - Laboratório de Pesquisas Toxicológicas da Uniso

Parque de equipamentos científicos

Composto de duas unidades: ensaios biológicos para segurança de medicamentos e biotério. Unidade de Ensaios Biológicos para Segurança de Medicamentos.

Laboratório de Cultura Celular: Estufa bacteriológica, fluxo laminar, geladeira, incubadora de CO2, pipetas automáticas, reservatório de N2 líquido. para estoque de células (47L), micro-ondas, fotomicroscópio trinocular óptico invertido, fotomicroscópio trinolocular e aspirador compressor.

Laboratório de Toxicologia: centrífuga, centrífuga refrigerada, fluxo laminar (cabine de segurança biológica classe A2), incubadora de CO2, banho termostatizado, banho de ultrassom, aspirador compressor, banho maria MC digital 100 tubos, banho maria MC digital 200 tubos e biofreezer (-80 graus Celsius).

Sala de cromatografia/análise biológica: Equipamento para Cromatografia Líquida de Alta Eficiência (HPLC): Sistema de cromatografia líquida de alta pressão Shimadzu: sistema de bombeamento de fase móvel (modelo LC-10 ADVp), degaseificador (modelo DGU14A), autoamostrador (modelo SIL – 10AD), forno (modelo CTO – 10ASVp), Sistema de detecção UV-visível (modelo SPD – 10Avp), Sistema de detecção eletroquímica (modelo L-ECD-6), sistema de rotaevaporação, balança analítica, agitador magnético, dissecador com luva tampa esmerilhada, equipamento para hematologia (XS1000 – Roche), equipamento para Bioquímica (Cobas C111 – Roche), leitor de microplacas (fluorímetro, luminômetro, fotômetro). Sistema de liofilização (SNL216V) Thermo Fisher Scientific (Processo Fapesp 2007/53883-6).

Sala de manipulação animal: CO2 Chamber with Dump Door Medium, balança semianalítica, balança analítica, fluxo laminar(cabine de segurança biológica classe B2), espectrofotômetro UV/vis, caneta homogeneizadora de tecidos, aspirador compressor, 1 refrigerador Frost Free Electrolux DF52 duplex (Processo FAPESP 2012/08271-0).

Sala de preparação: 02 autoclaves (75 litros), estufa de secagem com circulação de ar, estufa bacteriológica, geladeira, lavadora de vidraria, máquina de gelo, sistema de produção de água purificada para laboratório.

Biotério de Experimentação Animal: rack ventilado multiespécie duplo - 84 gaiolas, rack ventilado ratos duplo - 50 gaiolas, rack ventilado multiespécie simples - 42 gaiolas, 123 mini-isoladores multiespécie e 50 mini-isoladores ratos. Além disso, conta com 30 gaiolas metabólicas e 3 gaioleiros, para controle alimentar e hídrico, para nas pesquisas do metabolismo e diabetes.

Coordenador - Prof. Dr. Marli Gerenutti


LaPENM - Laboratório de Pesquisa em Neurofarmacologia e Multidisciplinar Uniso

Parque de equipamentos científicos

Unidade miográfica para “Nervo frênico-diafragma” de camundongo, para a avaliação de substâncias bioativas na junção neuromuscular: banho para a acomodação da preparação isolada (marca Fanem, modelo 1.100), estimulador elétrico (modelo EFS-15D), fisiógrafo (marca UGO BASILE, modelo 7070), transdutores (marca UGO BASILE, modelo 7003-A) e eletrodos.

Unidade miográfica para “Biventer cervicis” de pintainho, para a avaliação de substâncias bioativas na junção neuromuscular: banho para a acomodação da preparação isolada (marca Panlab Organ Bath, modelo LE01046), termostato digital (marca Panlab, modelo LE13206), estimulador elétrico (marca Panlab, modelo LE12406), Power Lab contendo o software LabChart 7 e amplificador (marca ADInstruments, modelo 4/35), transdutores (marca Panlab, modelo TRI201AD) e eletrodos.

Unidade de preparação Histológica, para a avaliação de lesões musculares: Micrótomo criostato(marca Ancap, modelo 300).

Unidade de acesso vascular em ratos para o desenvolvimento de sistemas de hemorperfusão e avaliação de substâncias bioativas: bomba de infusão (marca Terumo, modelo TE-135), monitor multiparamétrico touch screen (marca DeltaLife, modelo DL1000), aparelho para anestesia veterinária (marca Incotec, modelo Vetcare plus), contador hematológico (marca Sysmex, modelo XS 1000).

Unidade de extrações e fracionamentos de extratos vegetais para a extração, pesquisa, isolamento e avaliação de substâncias bioativas: rotaevaporador (marca Buchi, modelo 300), banho de aquecimento (marca Buchi, modelo B-491), bomba de vácuo (marca Vacuubrand, modelo MZ2CNT) e banho termostatizado (marca Tecnal, modelo TE2005); liofilizador (marca Thermo Fisher, modelo ModulyOD), bomba de vácuo (marca Thermo Fisher, modelo VLP200), sistema de cromatografia em camada delgada.

Unidade de Teste de mutagenicidade com Salmonella typhimurium (Teste de Ames), aplicados na avaliação do potencial de genotoxicidade de substâncias bioativas (LAPETOX): Cabine de segurança biológica, incubadora com plataforma de agitação orbital termostatizada, estufas bacteriológicas, autoclave vertical, banho-maria e forno micro-ondas.

Coordenador - Profa. Dra. Yoko Oshima-Franco


LABiToN - Laboratório de Avaliação de Bioatividade e Toxicologia de Nanomateriais da Uniso

Parque de equipamentos científicos

Os equipamentos existentes no LABiToN são:

Máquina de gelo em escamas c/ departamento p/ 70 Kg marca EVEREST; Centrífuga refrigerada com 2 rotores de ângulo fixo marca EPPENDORF; PCR Quantitativo (contendo: monitor Dell tela 17”,computador Dell mod.GX280 2.8GHZ, DVD + RW, CJ GXZ280 2.8 e 3GHZ, image CD WIN XP SP2, Protetor para desktop), marca APPLIED BIOSYSTEMS; PCR Quantitativo StepOne plus, marca APPLIED BIOSSYSTEMS; Termociclador para 96 tubos marca APOLLO; Citômetro de Imagem (Tali® Image Cytometer) – marca INVITROGEN; Leitora de Placa Automática - 8 Canais (Elisa) – ROBONIK - 8 canais; Espectrofotômetro fotodiodo UV-visível (contendo: 1 placa de interfaceamneto PCI tipo SCSI – 120V), cubeta de quartzo - marca SHIMADZU; Sistema foto documentação de géis com câmara escura (cone); central de comando com monitor LCD de 5”; cartão de memória “compact flash”, + câmera LCD com ZOOM e filtros de interferência e software “PHOTOCAPT” bivolt marca VILBERLOURMAT; Transluminador UV 312MM com dupla intensidade 200X200mm. Bivolt com Tela de conversão UV/IR marca VILBERLOURMAT; Cuba de eletroforese horizontal completa com bandeja transparente ao “UV” e removível, medindo 7X7cm e com 02 pentes de 08 amostras com 1mm de espessura. Marca OMNIPHOR; Cuba de eletroforese horizontal dupla com bandejas “UV” e removível, medindo 7X7cm e 7X10cm e com 02 pentes de 08 amostras com 1mm de espessura, marca OMNIPHOR; Cuba de eletroforese horizontal completa com bandeja transparente ao “UV” e removível, medindo 10X10cm e com 02 pentes de 16 amostras com 1mm de espessura, marca OMNIPHOR; Fonte de eletroforese microprocessada (digital de 0 a 300V. 400 MILIAMPERES – mA), 120 WATTS. Temporização. Alarme contra excesso de corrente. 4 saídas. Memória para 9 programas. BIVOLT, PW Sys; Fonte de eletroforese microprocessada (digital de 0 a 4000V. 500 MILIAMPERES + cubas de Eletroforese grande – mA Biorad; Sistema de purificação de água, com assessórios, PURELAB OPTION Q-7, marca ELGA; Microscópio óptico Zeiss com Adaptador e câmera digital; Microscópio óptico invertido Zeiss com Adaptador e câmera digital; Incubadora de CO2, marca Tecnal; Estufa De Secagem/Esterilização; 3 Fluxos laminar; 3 Refrigeradores Brastemp; Incubadora refrigerada, marca American LAB; Balança analítica, marca Tecnal; Agitador magnético, marca Tecnal; Autoclave, marca PRISMATEC.

Coordenador - Profa. Dra. Renata Lima